Governo de Moçambique vai aplicar 20 milhões de dólares na reconstrução da estrada Nampula-Cuamba

13 October 2010

Maputo, Moçambique, 13 Out – O governo de Moçambique vai aplicar 20 milhões de dólares na reconstrução da estrada Nampula-Cuamba, no âmbito de um projecto global de melhoria das infra-estruturas de transporte do Corredor de Nacala, informou terça-feira em Maputo o porta-voz do governo.

De acordo com o porta-voz Alberto Nkutumula aquele montante tem origem num crédito concedido a Moçambique pelo Banco de Importação e Exportação da Coreia, nos termos de um acordo rubricado em Setembro passado na cidade coreana de Seul e ratificado terça-feira pelo Conselho de Ministros.

o projecto vai ter um impacto directo na redução do tempo de tráfego, nos custos de transporte de pessoas e bens, melhorar o acesso das comunidades aos serviços sociais e mercados, elevar a competitividade entre os países que participam no comércio internacional através da redução dos custos operacionais e, em última análise, contribuir para a redução da pobreza nas zonas atravessadas pelo corredor.

O projecto, adiantou Nkutumula, vai abranger 787 mil pessoas em território moçambicano e 669 mil no Malawi.

No global, o projecto prevê uma intervenção em um total de 1033 quilómetros de estradas nos territórios de Moçambique, Malawi e Zâmbia, trabalho que só deverá ser feito em três fases, com uma primeira que compreende um total de 361 quilómetros de estradas entre Moçambique e Malawi e uma segunda cobrindo 360 quilómetros em território zambiano.

Para a terceira fase estão previstas intervenções em 312 quilómetros de estradas nos territórios de Moçambique e do Malawi, além da construção de dois postos fronteiriços ligando os três países membros da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, na sigla em inglês). (macauhub)

MACAUHUB FRENCH