Governo de Cabo Verde já apresentou propostas aos EUA para segundo compacto MCA

15 October 2010

Praia, Cabo Verde, 15 Out – O governo de Cabo Verde já apresentou ao governo federal dos Estados Unidos da América os documentos-base para a construção do segundo compacto do Millenium Challenge Account (MCA), afirmou quinta-feira na cidade da Praia a ministra das Finanças.

Cristina Duarte, que falava no final na apresentação dos resultados do primeiro compacto, disse que o “sucesso na execução do primeiro compacto MCA” é um dos “trunfos” nas negociações com os norte-americanos para que o segundo seja financiado.

“O facto de termos conseguido executar o primeiro compacto no prazo estipulado dá-nos uma grande vantagem negocial em relação ao segundo compacto. Aliás foi o sucesso do primeiro que possibilitou a eleição de Cabo Verde para o segundo”, disse ainda a ministra.

Abastecimento de água e saneamento, cadastro, o ensino superior e o apoio ao sector privado são as áreas consideradas prioritárias pelo governo cabo-verdiano que “procurou identificar os principais constrangimentos ao desenvolvimento do país”.

Sobre o valor do segundo compacto a ministra das Finanças afirmou que ainda não existe, mas para todos estes projectos Cabo Verde deverá continuar à procura de mais parceiros.

Por seu turno o director da Millenium Challenge Corporation (MCC), Daniel Yohannes, afirmou que Cabo Verde foi considerado elegível a segundo compacto mas ainda “não se fala em montantes”.

De acordo com o director do MCA Cabo Verde, Medhi Laurent Brito, o primeiro compacto do Millenniun Chellenge Account (MCA) beneficiou de forma directa ou indirecta 384 mil pessoas, ou seja 75 por cento da população cabo-verdiana.

O porto da Praia foi o que absorveu a maior fatia, 49,5 por cento (54,5 milhões de dólares) do montante global do primeiro compacto do MCA, de 110 milhões de dólares, tendo o valor restante sido distribuído por vários sectores e nas diversas ilhas do arquipélago. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH