Grupo chinês está a negociar com Electrobras para concorrerem a leilões de geração de energia eléctrica no Brasil

15 October 2010

Pequim, China, 15 Out – O grupo estatal chinês State Grid está a negociar com a Electrobras a constituição de uma parceria para a participação em leilões de geração de energia eléctrica no Brasil, afirmou quinta-feira em Pequim o director-geral da Agência Nacional de Energia Eléctrica (Aneel) do Brasil.

Em declarações ao jornal O Estado de São Paulo na capital chinesa onde se deslocou em visita de trabalho, Nelson Hubner recordou que o grupo chinês entrou este ano no Brasil com a aquisição de sete linhas de transmissão de energia, por 1,73 milhões de dólares.

Hubner adiantou que a aquisição foi uma forma de a State Grid conhecer o mercado brasileiro, o funcionamento da sua burocracia bem como a legislação aplicável ao sector, uma vez que a Agência Nacional de Energia Eléctrica recebe uma carta de intenções em que o grupo chinês informa pretender permanecer no Brasil a longo prazo.

Do lado brasileiro, prosseguiu o director-geral da Aneel, existe o interesse de atrair o capital chinês para elevar a capacidade de investimento no sector e aumentar a concorrência no fornecimento de equipamentos como grandes turbinas, que hoje são compradas principalmente a fabricantes europeus.

O director-geral da Aneel adiantou ao jornal ter sugerido aos chineses que se associem a empresas brasileiras para a produção desses equipamentos no Brasil e citou o caso da empresa Weg, do Estado de Santa Catarina, como forte candidata a competir nesse segmento. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH