Bancos da Guiné-Bissau e de Cabo Verde assinaram um acordo de cooperação

18 October 2010

Praia, Cabo Verde, 18 Out – Os empresários da Guiné-Bissau e de Cabo Verde têm, desde a passada sexta-feira, mais facilidade no acesso ao financiamento de parcerias comerciais, na sequência da assinatura na cidade da Praia de um acordo entre os dois maiores bancos de ambos os países.

O acordo de cooperação assinado envolveu o Banco da África Ocidental (BAO) e a Caixa Económica de Cabo Verde (CECV) e é o primeiro a ser assinado entre duas instituições bancárias guineenses e cabo-verdianas.

Em declarações à agência noticiosa portuguesa Lusa, o director geral do BAO, Rómulo Pires, indicou que a ideia do protocolo surgiu porque há um accionista comum, a Geocapital, do magnata do jogo de Macau Stanley Ho, que desencadeou o processo de ligação entre os dois bancos.

“Queremos facilitar as transacções, como as transferências de emigrantes, tendo em vista também a minimização de custos”, acrescentou.

O acordo entre as duas partes foi finalizado no sábado, em Bissau, para onde seguiram as delegações da Caixa e da Geocapital, presente na cerimónia na cidade da Praia através de um dos seus administradores, Diogo Lacerda.

No âmbito do protocolo, os dois bancos vão assumir a representação dos interesses da outra parte em cada um dos países e avaliar a possibilidade de realizar acções conjuntas em países onde existem comunidades emigrantes guineenses e cabo-verdianos, como na África Ocidental, Macau, China e outros países de língua oficial portuguesa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH