Parque Nacional da Gorongosa no World Travel Market de Londres na segunda semana de Novembro

26 October 2010

Maputo, Moçambique, 26 Out – O Parque Nacional da Gorongosa (PNG) vai estar representado no “stand” de Moçambique, em Londres, no certame World Travel Market (WTM), que terá lugar de 8 a 11 de Novembro na capital britânica, disse à macauhub em Maputo uma fonte oficial.

O filme “Africa’s Lost Eden”, produzido pelo “National Geographic”, ganhou recentemente o “Gold Dolphin Award” em França, no “Cannes Corporate Media and TV Awards”, na categoria “Environmental and Ecology”, e vai ser exibido a 10 de Novembro no âmbito do certame londrino.

Em 2010 o número de visitantes aumentou 34 por cento em termos homólogos, estando o Parque Nacional da Gorongosa a tornar-se, de novo, num dos primeiros destinos de eco-turismo em África, tal como acontecia nos anos 60 e 70 do século passado, quando estrelas de cinema, astronautas e outras celebridades o visitavam.

De acordo com fonte ligada ao sector do turismo, conhecidos operadores de safaris, cadeias hoteleiras e operadores turísticos de África, Europa e Ásia estão a preparar as suas propostas para algumas das áreas seleccionadas do Parque, que foram destinadas ao desenvolvimento turístico sustentável pelo governo moçambicano.

Cada área de desenvolvimento turístico, a maior das quais com mais de 47 000 hectares, irá albergar vários acampamentos de tendas de luxo e acampamentos de tendas volantes.

Duas dessas áreas poderão ter cabanas com uma capacidade máxima de 100 camas.

A maioria dos acampamentos será construída perto de zonas húmidas, terrenos de reprodução e áreas onde as autoridades do Parque permitirem safaris de jipe, passeios a pé acompanhados de guia e outras actividades para turistas.

Algumas regiões de desenvolvimento turístico incluem “zonas de natureza selvagem”, onde serão efectuadas excursões de forma restrita ou exclusivamente limitadas a caminhadas a pé.

O Ministério do Turismo de Moçambique e o Projecto de Restauração da Gorongosa irão seleccionar os projectos que melhor se enquadrem nos elevados padrões ecológicos do Parque, assegurando “que o ecossistema seja preservado e que seja criada uma indústria turística sustentável.”

Numa segunda fase terá lugar um concurso para outras zonas de desenvolvimento adicionais situadas na zona norte do Parque Nacional de Gorongosa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH