China está disponível para adquirir dívida pública de Portugal

29 October 2010

Pequim, China, 29 Out – A China está disponível para adquirir dívida pública portuguesa e contribuir dessa forma para a recuperação económica e financeira de Portugal, afirmou quinta-feira em Pequim a vice-ministra chinesa dos Negócios Estrangeiros, Fu Ying.

A antiga embaixadora da China em Londres e responsável pelas relações com a Europa adiantou à agência noticiosa portuguesa Lusa que a “China sempre teve uma posição positiva e favorável em considerar” a compra de dívida pública de países onde faz uma visita oficial.

O presidente da China Hu Jintao efectuará na próxima semana uma visita oficial a Portugal e a França.

Entretanto, o estatal Banco da China anunciou quinta-feira ter em carteira dívida pública portuguesa e de outros países europeus embora ao longo dos primeiros nove meses do ano tenha reduzido a sua exposição em 60 por cento relativamente à dívida de países como Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Espanha.

O valor dos “instrumentos de dívida emitidos por Portugal, Irlanda, Itália, Grécia e Espanha detidos pelo banco atingiu 2,79 mil milhões de yuan [302,28 milhões de euros] “, informou o Banco da China, o quarto maior banco chinês em termos de activos, no comunicado em que anunciou os resultados do terceiro trimestre.

O valor representa “uma diminuição de 4,24 mil milhões de yuan [459,37 milhões de euros] em comparação com o final do ano passado, principalmente em resultado da alienação parcial de instrumentos de dívida emitidos pelas instituições financeiras e pelos governos” português, grego, espanhol, irlandês e italiano, adiantou o banco. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH