Exportações de Macau caiem 8,4 por cento nos primeiros nove meses do ano

1 November 2010

Macau, China, 1 Nov – O valor das exportações de Macau nos nove primeiros meses deste ano diminuiu 8,4 por cento para 5,29 mil milhões de patacas ( US$ 661 milhões), comparativamente ao mesmo período de 2009.

De acordo com dados divulgados pela Direcção dos Serviços de Estatística e Censos, os fluxos da exportação doméstica desceram 26,5 por cento, enquanto os da reexportação subiram 4,4 por cento, em relação ao período homólogo de 2009.

Em contra partida, o valor total das importações cifrou-se em 31,89 mil milhões de patacas (US$ 3.986 mil milhões), traduzindo uma subida de 19,7 por cento.

De Janeiro a Setembro deste ano, o defíce da balança comercial subiu 27,5 por cento para 26,61 mil milhões de patacas ( US$ 3,326 mil milhões).

A taxa de cobertura das exportações sobre as importações recuou para 16,6 por cento, ou seja, menos 5,1 pontos percentuais do que o verificado há um ano.

Entre Janeiro e Setembro, registou-se um aumento de cinco por cento para 2,26 mil milhões de patacas nas exportações para Hong Kong e uma estabilização nas vendas à China Continental (844 milhões de patacas), mas o destaque vai para as quebras nas mercadorias com destino aos Estados Unidos da América (menos 43,5 por cento para 626 milhões de patacas) e à União Europeia (menos 40,7 por cento para 306 milhões).

Os produtos têxteis e vestuário exportados registaram um valor de 1,24 mil milhões de patacas (menos 39,6 por cento), tendo o seu peso baixado para 23,5 por cento do total exportado.

No domínio das importações destacam-se os mercados da China Continental e da União Europeia com aumentos de 17,2 e 26,8 por cento, respectivamente, para 9,91 mil milhões e 7,02 mil milhões de patacas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH