Grupo empresarial das Ilhas Maurícias anunciou pretender investir na aquacultura em Moçambique

3 November 2010

Maputo, Moçambique, 3 Nov – Um grupo empresarial das Ilhas Maurícias anunciou pretender investir 1 200 milhões de dólares na aquacultura em Moçambique para produzir 60 mil toneladas de peixe em dois distritos da província de Maputo, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

Citando o ministro das Pescas de Moçambique, Victor Borges, o jornal disse que o país dispõe de um potencial para produzir 2 milhões de toneladas de diversos tipos de pescado em regime de aquacultura, mas a produção actual não vai além das mil toneladas ou 0,05 por cento.

No decurso de um seminário promovido pelo governo moçambicano para a apresentação das potencialidades que o país oferece no sector, o ministro das Pescas das Maurícias, Von-Mally Joseph, disse que o seu país pretende aproveitar as facilidades de investimento que Moçambique oferece no sector.

Victor Borges reconheceu ainda que a produção pesqueira nacional “está aquém do seu potencial”, uma vez que o país produz apenas 150 mil toneladas por ano, que correspondem a cerca de 45 por cento do que é possível produzir.

Victor Borges disse igualmente que o governo está a desenvolver um conjunto de acções para aumentar a produção, nomeadamente, através da atracção de mais investimentos com vista a alcançar outros mercados, que não apenas o da União Europeia, actualmente o principal destino das exportações de pescado nacional.

Actualmente, o sector das pescas contribui com 2 por cento para o Produto Interno Bruto de Moçambique e representa apenas 4 por cento das exportações globais do país, sendo que o pescado é o quinto produto mais comercializado no exterior.

Recentemente, o governo aprovou o Plano Director das Pescas para 2010-2019, cujo objectivo imediato é reforçar a contribuição do sector para a melhoria da segurança alimentar e nutricional da população.

O plano pretende também melhorar as condições de vida dos pescadores artesanais e aquacultores de pequena escala, além de aumentar a contribuição do sector para o desenvolvimento económico e social do país e para um maior equilíbrio da balança de pagamentos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH