Guiné-Bissau pediu apoio a Angola no montante de 127,6 milhões de dólares

4 November 2010

Luanda, Angola, 5 Nov – O governo da Guiné-Bissau solicitou ao seu congénere de Angola uma ajuda financeira de 127,6 milhões de dólares para assegurar a estabilidade social no país, afirmou quinta-feira em Luanda o ministro das Finanças de Angola.

Quando apresentava para discussão e votação, na Assembleia Nacional, o Memorando de Cooperação Financeira com a Guiné-Bissau, o ministro Carlos Lopes disse que daquele montante 12 milhões de dólares destinam-se a financiar o Orçamento Geral do Estado para viabilizar a execução do programa económico e dos investimentos públicos.

Outros 25 milhões de dólares, detalhou, seriam para o apoio à actividade empresarial e o restante para projectos específicos como a intervenção no porto da Guiné-bissau (19 milhões) recuperação das vias urbanas (65 milhões) e ao financiamento do projecto da comunicação social (6,6 milhões de dólares).

Ainda neste quadro, o Governo guineense solicitou também o tratamento da dívida externa do país para com Angola, calculada em 38,8 milhões de dólares.

Ao esclarecer as questões levantadas pelos deputados, a ministra do Planeamento, Ana Dias Lourenço, salientou que se trata apenas de uma solicitação do governo guineense que está a merecer um estudo da parte de Angola.

A ministra precisou que o governo angolano apenas se comprometeu em apoiar o financiamento do Orçamento Geral do Estado em 12 milhões dólares, bem como em abrir uma linha de crédito de 25 milhões de dólares para viabilizar a actividade dos empresários dos dois países.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH