Comércio entre a China e os países de língua portuguesa cresceu 56,70% de Janeiro a Setembro

11 November 2010

Macau, China, 11 Nov – O comércio entre a China e os países de língua portuguesa registou um crescimento homólogo de 56,70 por cento de Janeiro a Setembro para 68,22 mil milhões de dólares, de acordo com dados oficiais do departamento de alfândegas da China.

Os dados agora divulgados em Macau indicam que nos primeiros nove meses do ano a China vendeu aos 8 países de língua portuguesa bens no valor de 21 522 milhões de dólares e importou desses países mercadorias no montante de 46 698 milhões de dólares.

O Brasil, o principal parceiro comercial da China de entre os países de língua portuguesa, vendeu à China bens no valor de 27 657 milhões de dólares no período em análise e importou mercadorias cujo valor ascendeu a 17 770 milhões de dólares.

Em segundo lugar surge Angola que ao longo dos primeiros nove meses do ano vendeu à China mercadorias, fundamentalmente petróleo, no valor de 18 364 milhões de dólares, tendo importado daquele país bens no montante de 1 456 milhões de dólares.

Portugal, o terceiro parceiro comercial da China de entre os países de língua portuguesa, vendeu à China bens no valor de 546 milhões de dólares e adquiriu naquele país mercadoria no valor de 1 855 milhões de dólares.

Os restantes países de língua portuguesa – Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Timor-Leste e São Tomé e Príncipe – venderam à China entre Janeiro a Setembro bens no valor de 129 milhões de dólares e adquiriram produtos no valor de 440 milhões de dólares. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH