Cabo Verde espera que fundo de apoio ao desenvolvimento dê “nova dinâmica” ao Fórum Macau

12 November 2010

Pequim, China, 12 Nov – O embaixador de Cabo Verde na China, Júlio Morais, afirmou quinta-feira em Pequim que a próxima reunião ministerial do Fórum Macau irá dar “nova dinâmica” à organização, destacando em particular a criação de “um fundo de desenvolvimento e investimento”.

“Pensamos que esse fundo poderá dar uma nova dinâmica ao Fórum, criando pontes entre os sectores empresariais e é precisamente esse o desafio maior do fórum (…) Estamos no caminho certo, com uma boa dinâmica e em passos largos”, disse o diplomata à agência noticiosa portuguesa Lusa em Pequim.

Na quinta-feira, O secretário para a Economia e Finanças de Macau, Francis Tam anunciou que China vai criar um fundo de apoio aos países de língua portuguesa em vias de desenvolvimento para promover a cooperação bilateral.

No plano bilateral, Cabo Verde-China, Júlio Morais realçou que depois da primeira sessão da comissão mista de cooperação económica, comercial e técnica, realizada em Junho em Pequim, as relações entraram num “novo figurino, com base em vantagens mutuas concretas”.

Segundo indicou, o sector privado participa pela primeira vez em projectos concretos e “abrem-se perspectivas” em áreas como o turismo, energias renováveis, logística, pescas ou transportes, factores que, na opinião do diplomata, “irão dar uma nova sustentabilidade às relações em termos de longo prazo”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH