Cabo Verde e São Tomé e Príncipe vão procurar melhorar o ambiente de negócios

18 November 2010

Praia, Cabo Verde, 18 Nov – Cabo Verde e São Tomé e Príncipe vão criar mecanismos que permitam o desenvolvimento de negócios e a criação de empresas que possam servir os dois arquipélagos, decidiram os primeiros-ministros dos dois países de língua oficial portuguesa.

A decisão foi tomada durante a visita que o primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada, está a efectuar a Cabo Verde, a convite do seu congénere cabo-verdiano, José Maria Neves, que afirmou que os dois Estados vão trabalhar para melhorar o ambiente de negócios, permitindo um aumento das trocas comerciais bilaterais.

No domínio da exploração do petróleo, Patrice Trovoada informou que, neste momento, ainda se está na fase de exploração mas que, mais tarde, deverão surgir oportunidades de negócio no sector dos serviços que podem ser aproveitadas por empresários cabo-verdianos.

Outro domínio que mereceu a atenção dos dois governantes foi o financeiro, tendo ficado acordado que deverão cooperar em termos macroeconómicos.

José Maria Neves disse que tanto Cabo Verde como São Tomé e Príncipe têm um acordo de cooperação cambial com Portugal, estando as duas moedas “ancoradas” ao euro e existem objectivos comuns de gestão macroeconómica e estabilidade monetária, pelo que faz todo o sentido a cooperação e partilha de boas práticas neste sector.

No âmbito da cooperação entre Cabo Verde e São Tomé e Príncipe na área da educação, vão ser disponibilizadas vagas nas universidades e escolas de formação profissional cabo-verdianas para estudantes são-tomenses, além dos 68 estudantes  universitários são-tomenses que já estudam em Cabo Verde.

Ainda do encontro saiu a decisão de elevar o consulado geral de Cabo Verde em São Tomé e Príncipe a embaixada, devendo em breve ser nomeado um embaixador. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH