Primeira turbina da barragem de Cambambe, Angola, deverá começar a produzir electricidade em Junho de 2011

21 November 2010

Dondo, Angola, 22 Nov – A primeira turbina de quatro novas a serem instaladas na barragem hidroeléctrica de Cambambe, província do Cuanza Norte, deverá começar a produzir energia eléctrica a partir de Junho de 2011, disse sexta-feira no Dondo fonte da empresa brasileira Odebrecht.

Douglas Paulino Duarte, funcionário da Odebrecht responsável pela execução do projecto de modernização da barragem, disse à Angop que os ensaios dos novos equipamentos, inicialmente previstos para ocorrerem de Dezembro próximo até Março de 2011, irão sofrer um ligeiro atraso.

O mesmo funcionário garantiu que todos os constrangimentos de fórum administrativo, que envolvem a execução dos trabalhos, deverão ser ultrapassados até Dezembro, factor que irá acelerar a execução dos trabalhos e consequente conclusão da empreitada até 2012, obedecendo ao cronograma de trabalhos elaborado e acordado entre a Empresa Nacional de Electricidade (ENE) e a Odebrecht.

Douglas Paulino informou que os novos grupos geradores, em instalação, estão dotados de uma capacidade para produzir 67 megawatts de energia eléctrica cada, superando os actuais 45 megawatts produzidos por cada grupo.

O projecto de modernização da barragem de Cambambe, iniciado em Março de 2009, insere-se no programa do governo angolano de reconstrução nacional e a sua execução abarca três fases que contemplam a recuperação, o alteamento da barragem e a construção de uma nova central de produção.

Além da Elecnor e da Odebrecht, a empreitada de modernização da barragem de Cambambe, localizada no município com o mesmo nome, província do Cuanza Norte, envolve ainda os consórcios alemão Voith, encarregue do fornecimento de turbinas, Alston, empresa francesa do fornecimento de geradores e Engevix, empresa brasileira de engenharia eléctrica.

A barragem de Cambambe foi construída entre 1958 e 1962, dispondo actualmente de quatro turbinas de 45 megawatts cada. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH