Projecto da Rio Tinto em Moçambique entrou na fase de estudo de pré-viabilidade económica

22 November 2010

Maputo, Moçambique, 22 Nov – O projecto de exploração de areias pesadas na área compreendida entre Jangamo, província de Inhambane e Chonguene, Gaza, entrou na fase de estudo de pré-viabilidade económica, informou o diário Notícias, de Maputo.

Sem avançar qualquer número, o jornal adianta ter informações de que os recursos existentes na área concessionada ao grupo anglo-australiano Rio Tinto são consideráveis.

O Notícias cita uma fonte ligada ao estudo de pré-viabilidade económica para afirmar que a actual fase de trabalhos afigura-se crucial, uma vez que além de apurar alguns pormenores técnicos sobre o projecto, também poderá dar as primeiras indicações sobre os custos económicos da exploração das areias pesadas naquela região.

Tal como acontece em Chibuto, a ocorrência de areias de pesadas entre Jangamo e Chonguene alimenta muita expectativa para a população e não só, uma vez que a sua exploração pode vir a melhorar o rendimento das famílias a empregar no projecto e também as receitas do Estado.

Os trabalhos levados a cabo por empresas estrangeiras em Moçambique levaram à viabilização e exploração das areias pesadas de Moma, Nampula, enquanto decorrem ainda acções visando a exploração de outras reservas descobertas em Moebasse, na Zambézia. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH