Estrada Lichinga/Cuamba, em Moçambique, custará 244 milhões de dólares

25 November 2010

Maputo, Moçambique, 25 Nov – A reconstrução do troço rodoviário entre Lichinga e Cuamba, na província do Niassa, vai custar 244 milhões de dólares, disse ao jornal Notícias, de Maputo, um quadro do Ministério das Obras Públicas e Habitação.

O estudo de viabilidade da obra poderá arrancar em Janeiro próximo e que as negociações com o Japão, um dos parceiros de financiamento, encontram-se numa fase bastante avançada.

No final da audição do ministro das Obras Públicas e Habitação, Cadmiel Muthemba, com a Comissão da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Actividades Económicas e Serviços da Assembleia da República sobre o Plano Económico e Social para 2011, a fonte disse ainda que o estudo de viabilidade deverá ser efectuado por uma empresa japonesa, dados os condicionalismos decorrentes do próprio financiamento.

A reconstrução daquele troço rodoviário, há muito inscrita no Plano Económico e Social do governo, faz parte dos projectos que o Ministério das Obras Públicas e Habitação pretende concretizar no próximo ano, que prevê a reconstrução de 450 quilómetros de estradas.

No âmbito do programa, está prevista, entre outras acções, a reconstrução ou a conclusão dos troços Xai-Xai-Chissibuca, Mocuba-Milange e Nampula-Cuamba, este último com a promessa de financiamento de três entidades, nomeadamente o Banco Africano de Desenvolvimento, o Japão e a Coreia do Sul. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH