Governo de Angola pretende adquirir dois jactos executivos Embraer

3 December 2010

Luanda, Angola, 3 Dez – O governo de Angola pretende adquirir dois aviões executivos à Empresa Brasileira de Aeronáutica e empresas comerciais de aviação civil também estão interessadas em comprar aviões Embraer, disse terça-feira em Luanda um funcionário ministerial brasileiro.

Welber Barral, secretário-executivo do Ministério brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, disse que a aquisição de aviões é um exemplo “dos muitos negócios que podem surgir entre os dois países, num futuro próximo”, tendo acrescentado que “apesar de ter sido afectada pela crise e pelas variações do preço do petróleo, a procura angolana voltou aos patamares anteriores aos da crise internacional”.

Através do Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social, o governo do Brasil abriu a quarta linha de crédito destinada ao financiamento dos projectos das empresas brasileiras que operam em Angola, incluindo a aquisição de equipamentos fabricados no Brasil.

Angola é um dos principais destinos das exportações brasileiras tendo, em 2008, o volume de vendas atingido o pico de 1,97 mil milhões de dólares, fazendo de Angola o maior parceiro do Brasil em África.

Em 2009, as exportações brasileiras caíram para 1,33 mil milhões de dólares e este ano, até Outubro, ascendiam a 771,9 milhões de dólares.

Welber Barral efectuou uma visita de dois dias a Angola para participar na inauguração do centro de negócios em Luanda da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), liderando uma comitiva que incluía 25 empresários dos sectores alimentar, imobiliário, industrial e de serviços. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH