Britânica Cove Energy poderá vender activos em gás natural em Moçambique

13 December 2010

Londres, Reino Unido, 13 Dez – A empresa britânica Cove Energy Plc poderá vender os seus activos em gás natural em Moçambique antes da exportação de gás natural liquefeito para a Ásia, disse na passada semana em Londres o presidente executivo da empresa.

Juntamente com a Anadarko Petroleum Corp, que tem a maior participação e funciona como operadora, Mitsui & Co, Videocon Industries e Bharat Petroleum Corp, a Cove Energy efectuou três “grandes” descobertas de gás natural no mar costeiro de Moçambique estando os parceiros a analisar planos para produzir gás natural liquefeito assim que se iniciar a exploração.

Em declarações à agência económica Bloomberg, John Craven disse ter a empresa uma estratégia de converter o activo em dinheiro antes mesmo de se iniciar a exploração, dado haver “muito interesse no que estamos a fazer na África Oriental”.

Os grupos Exxon Mobil Corp, Statoil ASA e ENI Spa já manifestaram o seu interesse pelas descobertas no mar costeiro de Moçambique, que se seguiram a duas descobertas pelo BP Group Plc na Tanzânia, havendo quem afirme que aquela zona do continente africano dispõe de reservas superiores a 31 mil milhões de barris, três vezes mais do que o campo Tupi no Brasil, a maior descoberta nas Américas nos últimos 30 anos.

De acordo com afirmações proferidas em Novembro pelo vice-presidente da Anadarko Petroleum, os resultados até agora alcançados com os furos exploratórios efectuados em Moçambique indicam que os recursos são suficientes para se dar início a um projecto de exploração de gás natural, estando as reservas estimadas em 4 biliões de pés cúbicos. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH