Empresa de confecções Moztex, em Moçambique, iniciou exportação para a África do Sul

16 December 2010

Maputo, Moçambique, 16 Dez – A empresa de confecções Moztex, antiga Texlom, já começou a exportar peças de vestuário para a África do Sul, tendo desde Agosto exportado 1 200 peças para aquele mercado vizinho, afirmou quarta-feira na Matola um responsável da empresa.

O representante para Portugal e Moçambique da Rede de Desenvolvimento Agha Khan, Nazim Ahmad, disse que a empresa pretende começar a exportar os seus produtos para os Estados Unidos da América, ao abrigo da iniciativa AGOA (Oportunidade de Crescimento para África) e Europa, a partir de 2011.

Nazim Ahmad adiantou que para iniciar a actividade da Moztex, herdeira da falida Texlom, a Rede de Desenvolvimento Agha Khan (AKDN, na sigla em inglês) investiu inicialmente cerca de 2,5 milhões de dólares.

“Actualmente, temos cerca de 300 máquinas e em breve vamos ter 1000 máquinas e, nessa altura, estaremos em condições de empregar entre 1800 e 2000 pessoas, com o investimento a atingir 7,5 milhões de dólares”, disse Nazim Ahmad.

Em Moçambique, a AKDN tem interesses na província de Cabo Delgado, onde lançou um programa de desenvolvimento rural na zona litoral e um banco de microfinanças.

Na província do Maputo, além do Polana Serena Hotel e da Moztex, a AKDN dispõe do Centro de Desenvolvimento Profissional da Academia Aga Khan, onde já deu início a programas de desenvolvimento para a docência. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH