Linha ferroviária do Sena estará operacional no 1º semestre de 2011

31 December 2010

Maputo, Moçambique, 31 Dez – A empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique (Cfm) vai garantir o transporte e processamento de 5 milhões de toneladas de carvão a partir do primeiro semestre de 2011, disse em Maputo o presidente da empresa.

Rosário Mualeia disse que a empresa está a desenvolver “todos os esforços” para garantir que as obras de reconstrução da linha ferroviária de Sena fiquem concluídas em breve, “o que permitirá a criação de condições logísticas para o escoamento de grandes volumes de carvão”.

Para acomodar as necessidades de escoamento do carvão, a Cfm está a investir na recuperação do cais 8 no porto da Beira, com o objectivo de assegurar o manuseamento de cinco milhões de toneladas/ano, durante a primeira fase.

As principais empresas de exploração de carvão, a brasileira Vale e a australiana Riversdale, prevêem iniciar a exportação de carvão a partir do primeiro semestre do ano.

A linha de Sena, com capacidade para movimentar seis milhões de toneladas de carga/ano, está praticamente pronta, podendo o comboio de transporte de passageiros e de carga circular em situações de emergência.

Até 2025, as empresas carboníferas esperam escoar 100 milhões de toneladas de carvão, quantidade acima da capacidade dos actuais canais de transporte. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH