Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique transportaram mais passageiros e processaram mais carga de Janeiro a Novembro

31 December 2010

Maputo, Moçambique, 31 Dez – A empresa Portos e Caminhos de Ferro de Moçambique registou nos 11 primeiros meses do ano crescimentos tanto no número de passageiros transportados como na tonelagem de carga processada, afirmou em Maputo o presidente da companhia.

Rosário Mualeia disse que no período os portos processaram 12,7 milhões de toneladas, mais 12,4 por cento do que no mesmo período de 2009, e que a carga transportada por comboio passou de 4,2 milhões para 4,8 milhões de toneladas, um acréscimo de 14,4 por cento.

Por seu turno, o número de passageiros transportados no sistema ferroviário cresceu 36,6 por cento de 2,3 milhões para 3,2 milhões.

O presidente da empresa informou ainda que os problemas que surgiram com a concessão de linhas de caminho-de-ferro e de portos a operadores privados foram aparentemente solucionados.

Em Junho passado, o governo de Moçambique autorizou a extensão da concessão do porto de Maputo por um período adicional de 15 anos, que irá dar tempo ao concessionário, Maputo Port Development Company, de efectuar os investimentos contidos no plano de desenvolvimento do porto.

Os principais accionistas do Maputo Port Development Company são a Dubai Ports World e a empresa sul-africana de fretes Grindrod. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH