Plano económico de Moçambique prevê um crescimento de 15 por cento das exportações

5 January 2011

Maputo, Moçambique, 5 Jan – Estimativas preliminares do Plano Económico e Social de Moçambique para 2011 indicam que as exportações deverão atingir 2 402 milhões de dólares, apresentando um crescimento de 15 por cento relativamente ao ano transacto.

As grandes exportações (alumínio, electricidade, entre outros) poderão crescer 20 por cento e as tradicionais 1,3 por cento.

Prevê-se por outro lado que o valor das exportações dos grandes projectos aumente para 1 768 milhões de dólares impulsionado pelo início das exportações de carvão da província de Tete para além do aumento do aumento das vendas ao exterior de ilmenite e de gás natural.

A melhoria dos preços de energia eléctrica e do alumínio poderá ser determinante para o aumento das exportações, de acordo com as previsões do Plano Económico e Social de 2011.

As projecções apontam ainda para um ganho do peso das exportações dos grandes projectos em 3 pontos percentuais, ao passar para 74 por cento do total das exportações.

Por outro lado, no que diz respeito às importações, prevê-se um aumento de 10 por cento em 2011 comparativamente ao que tinha sido projectado para 2010, podendo atingir 3 948 milhões de dólares, o que decorrerá do aumento das aquisições dos grandes projectos sobretudo.

O peso das importações que não fazem parte da categoria dos grandes projectos poderá manter-se em cerca de 78 por cento do total das importações.

A previsão do aumento do valor das importações é sustentada pela subida prevista de bens de capital e dos bens de consumo em 7 por cento e 5 por cento respectivamente. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH