Australiana Riversdale Mining assumiu controlo da futura Central Térmica de Benga, em Moçambique

7 January 2011

Maputo, Moçambique, 7 Jan – A empresa australiana Riversdale Mining anunciou quinta-feira ter chegado a acordo para adquirir a participação da Elgas na Central Térmica de Benga, na província de Tete, em Moçambique.

A Riversdale Mining está envolvida numa parceria com o grupo indiano Tata Steel para explorar uma mina de carvão a céu aberto em Benga e enquanto o carvão metalúrgico teria fundamentalmente como destino a exportação o carvão térmico seria utilizado para alimentar uma central térmica.

Nos termos do acordo atingido com a Elgas, ao abrigo do qual adquirirá a opção de 50 por cento desta empresa, a parceria Riversdale Mining/Tata Steel passará a deter a totalidade do capital da futura Central Térmica de Benga.

Quando entrar em funcionamento, o que deverá acontecer em 2013/2014 – dois a três anos após o início da extracção de carvão e com um investimento estimado em mil milhões de dólares – a Central Térmica de Benga deverá produzir na sua primeira fase 500/600 megawatts, produção que será aumentada em expansões futuras para 2 mil megawatts.

A Elgas é uma parceria com sede em Maputo entre o grupo sul-africano Eskom Enterprises, a Electricidade de Moçambique, Empresa Nacional de Hidrocarbonetos de Moçambique, African Legend e Consultinvest, centrando a sua actividade no fornecimento de energia eléctrica a Vilanculos e ao arquipélago do Bazaruto. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH