Coal India pretende importar anualmente 2 milhões de toneladas de carvão de Moçambique

10 January 2011

Maputo, Moçambique, 10 Jan – A Coal India Ltd pretende importar 10 milhões de toneladas de carvão de Moçambique ao longo dos próximos cinco anos, afirmou Narinder Khurana, um dos directores da empresa, em declarações proferidas em Maputo.

A Coal India, um dos maiores produtores mundiais de carvão, projecta começar a explorar carvão na região nordeste de Moçambique, onde dispõe de dois blocos com 225 quilómetros quadrados, em Junho próximo, adiantou Khurana, para acrescentar que, se foram encontrados depósitos com valor comercial, a empresa investirá 400 milhões de dólares e empregará 3 mil pessoas na extracção do carvão.

A Coal India, que tem sede em Calcutá, pretende igualmente obter os direitos de exploração de outros cinco blocos a fim de tentar encontrar mais carvão e preencher assim o défice anual de 8 milhões de toneladas da Índia.

O director da Coal India faz parte de uma delegação liderada pelo ministro do Carvão da Índia, Sriprakash Jaiswal, que visitou Moçambique no âmbito de um périplo por alguns países da África Austral como África do Sul, Moçambique e Zimbabué. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH