Economia de Portugal vai registar quebra de 1,3 por cento este ano

12 January 2011

Lisboa, Portugal, 12 Jan – A economia portuguesa deverá registar uma queda de 1,3 por cento este ano e um crescimento de 0,6 por cento em 2012, de acordo com o Boletim de Inverno do Banco de Portugal, que revê em baixa as anteriores estimativas.

“As previsões para a economia portuguesa apontam para que a actividade económica registe uma contracção em 2011 e um crescimento limitado em 2012”, afirma-se no documento, para adiantar que a previsão assenta “num quadro de queda substancial da procura interna e de crescimento robusto das exportações, em linha com a evolução da procura externa”.

O relatório confirma ainda o impacto das medidas de consolidação orçamental aprovadas pelo governo na evolução da economia este ano e adianta que, além da contenção orçamental, a revisão em baixa é motivada também pela evolução do crédito, contemplando “condições mais restritivas de acesso ao crédito para o sector privado”.

As previsões do Banco de Portugal sobre a evolução económica assumem que os estímulos do Banco Central Europeu às economias mais fragilizadas da Zona Euro se vão manter até ao final de 2012. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH