Défice do Estado português aumentou 1,4% em 2010 para 14 249 milhões de euros

20 January 2011

Lisboa, Portugal, 21 Jan – O défice provisório do Estado português ascendeu a 14 249 milhões de euros em 2010, contra uma défice de 14 057 milhões de euros em 2009, um aumento de 1,4 por cento, informou quinta-feira em Lisboa a Direcção-Geral do Orçamento (DGO).

Ainda de acordo com a DGO, a receita efectiva aumentou 4,6 por cento e a despesa efectiva subiu 3,7 por cento, tendo esta variável sido “inferior em 0,9 por cento relativamente ao objectivo estimado no Orçamento de Estado para 2011”.

A Direcção Geral do Orçamento sublinhou que o défice do Estado foi influenciado “pelo facto de a despesa de 2010 incluir o montante de 1 001 milhões de euros associado à regularização de responsabilidades financeiras pela entrega de equipamento militar”, concretamente de dois submarinos adquiridos à Alemanha.

“Atendendo à natureza excepcional deste encargo no ano de 2010, a variação homóloga desta despesa situa-se em 1,6 por cento, que tem subjacente uma desaceleração sustentada nos últimos três meses do ano”, conclui a DGO.

O governo português anunciou recentemente que previa que o défice público de 2010 descesse para um nível inferior à meta de 7,3 por cento do Produto Interno Bruto (PIB), pretendendo descê-lo para 4,6 por cento este ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH