Governo do Cuanza Norte, Angola, aplicou 48 milhões de dólares no troço rodoviário Ndalatando/Golungo-Alto

23 January 2011

Ndalatando, Angola, 24 Jan – A reconstrução do troço rodoviário de 56 quilómetros entre a cidade de Ndalatando (capital da província do Cuanza Norte) e a sede municipal do Golungo-Alto irá custar 48 milhões de dólares, de acordo com a agência noticiosa angolana Angop.

A agência informou também que a empreitada, a cargo da empresa portuguesa Vias XXI, já concluiu 49 quilómetros do troço ou 80 por cento da obra, cujos custos são assumidos pelo governo provincial do Cuanza Norte.

De acordo com Joaquim Macedo, responsável por esta empreitada, a obra inclui trabalhos de terraplanagem, construção de valas de drenagem, aplicação de base e sub-base de camada asfáltica e aplicação de uma camada de desgaste de betão betuminoso de cinco centímetros de espessura.

Joaquim Macedo apontou as constantes chuvas que caiem na região como o principal factor que tem impedido o normal andamento das obras iniciadas em 2008, tendo ainda mencionado os atrasos na liquidação dos pagamentos por parte do governo provincial, que obrigou à redução do número de trabalhadores. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH