Empresas de Angola poderão a prazo explorar diamantes no Zimbabué

26 January 2011

Luanda, Angola, 27 Jan – A entrada de empresas angolanas no sector de exploração de diamantes no Zimbabué é possível mas carece de negociação entre os dois governos, afirmou quarta-feira, em Luanda, o chefe de uma delegação de representantes do sector mineiro daquele país.

Após um encontro com membros do conselho de administração do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), Ozias Have adiantou que se “houver interesse dos dois governos acredito que um acordo neste sentido seja possível, mas isso deverá passar por um processo negocial”.

Ozias Have, que também é secretário do Conselho de Ministros do Zimbabué, e restantes membros da delegação visitaram, de acordo com a agência noticiosa angolana Angop, a Empresa Nacional de Diamantes de Angola (Endiama) e a sua subsidiária para a comercialização de diamantes Sodiam.

Através da Sodiam, a Endiama alargou os seus interesses à lapidação de diamantes e internacionalizou a sua actividade com o estabelecimento de escritórios, ou centros de venda de diamantes angolanos, nas principais praças mundiais, como Israel, Bélgica, Estados Unidos, Emiratos Árabes Unidos, Índia e China. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH