Governo da Guiné-Bissau assinou memorando de cooperação com empresários chineses de Macau e de Liaoning

26 January 2011

Bissau, Guiné-Bissau, 27 Jan – Um grupo de empresários chineses de Macau e de Liaoning assinou quarta-feira em Bissau um memorando de cooperação com o governo da Guiné-Bissau para investimentos em projectos nos sectores agro-industrial, das pescas e da energia.

Na cerimónia, Carimo Ly, director-geral da Direcção de Promoção do Investimento Privado da Guiné-Bissau, lembrou que a cooperação entre a Guiné-Bissau e a China tem sido caracterizada por uma “ajuda substancial, ilustrada por obras emblemáticas”.

Por seu turno, Xina Jin, coordenador da missão chinesa, afirmou que os empresários irão investir em projectos relacionados com o processamento da castanha de caju, principal produto de exportação da Guiné-Bissau, com o cultivo de arroz, pescas e energia, neste último sector através da “construção de pequenas centrais hidroeléctricas”.

Mais tarde, o Ministério da Economia guineense informou em comunicado que as “duas partes apostam na mobilização do Fundo Sino-Africano, a nível sub-regional, e das verbas prometidas pelas autoridades chinesas no âmbito do Fundo de Desenvolvimento da Cooperação Comercial e Económica do Fórum Macau” para desenvolverem os projectos.

A visita do grupo empresarial de Liaoning e de Macau é uma iniciativa do primeiro-ministro guineense, formalizada no decurso da sua deslocação a Macau, em meados de Novembro, por ocasião da III Conferência Ministerial do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH