Governo de Moçambique necessita de 800 milhões de dólares para projecto turístico em Inhassoro

6 February 2011

Maputo, Moçambique, 7 Fev – Um projecto turístico de qualidade preparado pelo Instituto Nacional de Turismo (INT) de Moçambique está actualmente a ser “vendido” a potenciais investidores, informou o director-geral do instituto, Gildo Neves.

Incluindo mais de 1 850 unidades residenciais e de mil quartos, um campo de golfe, salas de conferências e piscinas, entre outras instalações, o projecto de duas estâncias turísticas de 5 estrelas a serem construídas na zona de Mapanzene, na costa marítima de Inhassoro, norte de Inhambane, necessitará de um investimento de 800 milhões de dólares, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

Gildo Neves adiantou que para angariação de potenciais investidores decorrem acções de promoção do turismo nacional e deste projecto em particular através de várias apresentações em fóruns internacionais.

“Já há manifestação de alguns operadores turísticos em ‘comprar’ o projecto, mas não vamos parar por aqui, continuaremos a realizar conferências de atracção turística em busca de investidores”, disse Gildo Neves, uma vez que “Moçambique enfrenta a concorrência de países como a Tanzânia, Ilhas Maurícias e Quénia, que têm estado têm estado igualmente a fazer a promoção das suas potencialidades turísticas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH