Brasileira Petrobras rompe negociações para compra de bloco de acções na portuguesa Galp Energia

9 February 2011

Lisboa, Portugal, 9 Fev – O grupo petrolífero brasileiro Petrobras anunciou a ruptura das negociações com a ENI para a compra da parte do grupo italiano na empresa portuguesa Galp Energia, em comunicado enviado segunda-feira ao regulador do mercado português.

“A Petrobras informa ter posto fim a suas discussões com a ENI sem ter adquirido a participação na Galp Energia”, indicou a empresa brasileira, no documento enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

Por seu turno, o director-geral da ENI, Paolo Scaroni, disse à agência noticiosa italiana Ansa que as negociações com a Petrobras terminaram “porque não conseguimos encontrar um acordo sobre os elementos essenciais de uma possível transacção”.

Scaroni assegurou que a ENI não está apressada em vender a sua participação porque “a Galp Energia demonstrou ser até ao presente um excelente investimento” que gerou desde 2000 “rendimentos de cerca de mil milhões de euros” para o grupo italiano.

A 1 de Janeiro de 2011 expirou o acordo de 2006 que estabelecia a estrutura dos accionistas da Galp Energia, podendo os principais accionistas da empresa, ENI (33,34 por cento) e a portuguesa Amorim Energia (33,34 por cento), negociar a venda das suas participações.

A Galp Energia explora e produz petróleo, mas principalmente produtos refinados, e dispunha, no final de 2009, de reservas de 3,1 mil milhões de barris, estando presente em treze países, entre eles Brasil e Angola. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH