Economia de Moçambique cresceu 6,2 por cento em 2010

14 February 2011

Maputo, Moçambique, 15 Fev – A economia de Moçambique registou um crescimento de 6,2 por cento em 2010, valor dentro do intervalo de 5,9 por cento a 6,4 por cento previsto pelo governo, afirmou segunda-feira em Maputo o porta-voz do Conselho de Ministros.

De acordo com Vítor Borges, citado pelo diário Notícias, de Maputo, aquele valor representa uma resposta positiva aos abalos que Moçambique sofreu no ano passado e que incluem, nomeadamente, o atraso nos desembolsos de fundos de apoio ao Orçamento do Estado pelos doadores e a acentuada pressão sobre a procura de divisas para fazer importações dos combustíveis líquidos.

“Este foi o maior crescimento no conjunto dos países da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral. A taxa de inflação média, no ano passado, fixou-se em 12,7 por cento, enquanto que as exportações totais de bens, até Setembro, situavam-se em 1 632,1 milhões de dólares, o que representa um grau de realização de 76,2 por cento em relação à meta do ano”, disse Vítor Borges.

Dados provisórios referentes a Dezembro, ainda de acordo com o porta-voz do Governo, apontam que as reservas internacionais líquidas indicam um saldo de 1 876,5 milhões de dólares.

Relativamente à inflação, a previsão do governo era de que a mesma fosse contida aos níveis de um dígito (9,5 por cento), o que não foi conseguido devido, sobretudo, à conjuntura internacional desfavorável. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH