Estudo ambiental da barragem de Mphanda Nkuwa, em Moçambique, pronto até Maio

14 February 2011

Maputo, Moçambique, 14 Fev – O estudo de impacto ambiental deverá ficar pronto dentro de dois meses devendo a licença definitiva para a construção da segunda maior barragem de Moçambique ser emitida a “meio do ano”, afirmou o administrador executivo da Hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa.

“Esperamos ter o estudo completo até Abril ou Maio deste ano, quando o iremos submeter ao Ministério do Ambiente, e esperamos ter essa licença até meio do ano. Acreditamos que é um projecto de baixo impacto ambiental”, disse o administrador executivo da empresa, Raúl Giesta.

A Hidroeléctrica de Mphanda Nkuwa é uma parceria constituída pela brasileira Camargo Corrêa e pelas empresas moçambicanas EDM (Electricidade de Moçambique) e Insitec, envolvidas naquele que é o maior projecto com condições de avançar em Moçambique, envolvendo valores superiores a 2,4 mil milhões de dólares.

A barragem ficará localizada a 61 quilómetros a jusante de Cahora Bassa, a 70 quilómetros da cidade de Tete e a 1500 quilómetros de Maputo, a capital moçambicana.

Mphanda Nkwua é o maior investimento em África da Camargo Corrêa, que é a maior construtora de hidroeléctricas do mundo e a responsável, entre outras, pela barragem de Itaipu, no rio Paraná, com uma capacidade de produção de 14 mil megawatts. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH