Milionário sul-africano investiu no turismo em São Tomé e Príncipe

14 February 2011

São Tomé, São Tomé e Príncipe, 14 Fev – A estância turística Ilhéu Bombom, na ilha do Príncipe, foi adquirida na semana passada pelo milionário sul-africano Mark Shuttleworth, informou o próprio em declarações proferidas domingo na capital São Tomé.

A Ilhéu Bombom era propriedade do cidadão holandês Rowmbont Swarbont que está a negociar também com o milionário sul-africano a venda do hotel Homali Lodji.

No final, Mark Shuttleworth passará a ser o terceiro proprietário daquelas instalações turísticas, construídas também por um milionário sul-africano, Cristopher Hellinger.

Mark Shuttleworth, 37 anos de idade, o primeiro africano a ir ao espaço, disse que tem outros projectos para desenvolver nas ilhas de São Tomé e Príncipe para onde se desloca pela terceira vez.

“Os meus objectivos consistem em ajudar a desenvolver o eco-turismo, a agricultura e um sistema agro-florestal sustentável, criando postos de trabalho”, disse. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH