Plano estratégico da província de Sofala, Moçambique, visa reduzir índice de pobreza

14 February 2011

Beira, Moçambique, 14 Fev – O plano estratégico da província de Sofala, lançado na passada sexta-feira na cidade da Beira, custará 230 milhões de meticais e visa reduzir o índice de pobreza de 58 por cento para 40 por cento, de acordo com a imprensa moçambicana.

O plano está estruturado no que é designado por “pilares”, com destaque para o desenvolvimento humano e social, desenvolvimento económico e boa governação e visa reduzir o índice de pobreza para 40 por cento, até 2020, através do aumento de produção e produtividade, desenvolvimento dos serviços sociais básicos e estabilidade sócio-política.

Para o primeiro-ministro, Aires Ali, que procedeu ao lançamento do referido plano, a importância do mesmo não reside apenas nas linhas de orientação para os actores envolvidos nas dinâmicas económicas e sociais que consubstanciam o desenvolvimento do país e da província em particular, mas também na natureza inclusiva e participativa que caracterizou o processo da sua elaboração.

Ali disse que o plano estratégico da província de Sofala 2010/2020 deve ser assumido como um instrumento impulsionador da capacidade empreendedora da população e da maior pro-actividade dos actores estatais e não-estatais da província, com vista a responder aos desafios de desenvolvimento do país. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH