Programa “Pró Empresa Jovem” foi lançado em Moçambique

15 February 2011

Maputo, Moçambique, 16 Fev – Mais de 4 500 empresas devem ser constituídas em Moçambique ao longo dos próximos cinco anos, no âmbito de uma iniciativa governamental em parceria com o sector empresarial, de acordo com o diário Notícias, de Maputo.

A fase-piloto do programa, apresentada na semana passada em Maputo pelo Instituto de Gestão das Participações do Estado (Igepe), começa a ser executada ainda este trimestre, abrangendo jovens das cidades de Maputo e Matola.

Com um custo estimado em 14 milhões de dólares, financiados por empresas participadas pelo Estado, públicas, privadas e parceiros de cooperação internacional, o programa “Pró Empresa Jovem” deverá criar pelo menos 30 mil empregos formais.

O presidente do Igepe, Hipólito Hamela, disse que as empresas nacionais irão contribuir para o estabelecimento do fundo com pelo menos dois milhões de dólares, sendo que outros 12 milhões serão conseguidos junto dos parceiros internacionais, os quais já manifestaram interesse em contribuir para o programa.

Aliás, algumas empresas participadas já começaram a dar a sua contribuição para esta iniciativa como forma de assegurar os 500 mil dólares necessários para o arranque do processo, pretendendo este programa alterar o actual cenário, em que algumas iniciativas nacionais de desenvolvimento são lideradas por organismos internacionais ou organizações não-governamentais. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH