Projecto “Made in Mozambique” vai ter directório comercial e página na Internet

17 February 2011

Maputo, Moçambique, 18 Fev – O projecto governamental “Made in Mozambique” vai passar a ter um directório comercial e uma página na Internet nas línguas portuguesa e inglesa, nos termos de um memorando de entendimento quinta-feira assinado em Maputo.

Assinado entre o Ministério da Indústria e Comércio, representado pela Direcção para a Promoção de Produtos Nacionais e a C and E – Comunicação e Edições, Limitada, uma empresa jornalística de direito moçambicano, o directório deverá ser lançado em Junho próximo, assumindo-se como um instrumento de consulta e orientação para quem procura ou oferece produtos e serviços moçambicanos dentro e fora do país.

Jaime Nicolls, director para a Promoção de Produtos Nacionais, no Ministério da Indústria e Comércio, disse que o que se pretende é a sistematização e melhor divulgação das ofertas disponíveis nas entidades certificadas com o selo “Made in Mozambique”, através da produção e publicação de um instrumento nacional, no qual estejam pormenorizadas as capacidades de cada entidade.

“Queremos, pois, que o directório seja a porta de entrada de novos investimentos e, ao mesmo tempo, de saída para novas oportunidades de negócios e de parcerias na dinamização do empresariado moçambicano. Pretende-se, acima de tudo, que o directório seja a feira das ofertas disponíveis no mercado moçambicano, constituindo-se uma porta de acesso para novos mercados”, observou Jaime Nicolls, citado pelo jornal Notícias, de Maputo.

Desde a sua criação, o selo “Made in Mozambique” foi já atribuído a 241 empresas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH