Consórcio luso-italiano vai pesquisar petróleo em Moçambique

25 February 2011

Maputo, Moçambique, 25 Fev – O consórcio constituído entre os grupos italiano ENI e português Galp Energia vai realizar a sua primeira perfuração petrolífera na bacia do Rovuma, norte de Moçambique, confirmou em Maputo uma administradora do Instituto Nacional de Petróleos.

Citada pela agência noticiosa moçambicana AIM, Isabel Chivambe, administradora com o pelouro de projectos e desenvolvimento, disse que a perfuração deve iniciar-se em Julho próximo e consiste em dois furos em águas ultra-profundas.

Chivambe referiu que “a ENI e a Galp Energia vão perfurar uma área que está ao lado da Área Um, onde recentemente foi descoberto gás natural, razão pela qual se considera ser uma área com potencial para a ocorrência de hidrocarbonetos”.

O consórcio controla as operações de um bloco na bacia do Rovuma, numa área localizada em águas ultra-profundas, a 2 600 metros abaixo do nível do mar.

A área tem um total de 17 646 quilómetros quadrados e o contrato de concessão expira em Fevereiro de 2015. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH