Reino Unido vai aumentar ajuda a Moçambique ao longo dos próximos 4 anos

3 March 2011

Londres, Reino Unido, 4 Mar – O governo do Reino Unido anunciou ir aumentar a ajuda a Moçambique em 4 por cento ao longo dos próximos dois anos e em 6,25 por cento nos dois anos subsequentes, de acordo com um comunicado quarta-feira divulgado em Londres.

Nos termos do comunicado emitido pelo gabinete do ministro britânico para o Desenvolvimento Internacional, Andrew Mitchell, a ajuda a Moçambique passará dos 77 milhões de libras (126 milhões de dólares) de 2011 para 80 milhões de libras em 2012 e 2013 e para 85 milhões de libras nos dois anos subsequentes.

Mitchell disse que a ajuda a ser prestada “ajudará o governo de Moçambique a transformar o país num centro de comércio e investimento regional” e acrescentou que, embora a ajuda aos sectores da educação e saúde seja mantida, os maiores aumentos ocorrerão no financiamento de projectos de criação de riqueza e de aumento da produtividade agrícola.

Relativamente ao apoio ao Orçamento de Estado, a forma de ajuda mais do agrado do governo de Moçambique, o ministro britânico adiantou que deverá manter-se ao nível actual mas acrescentou que uma decisão final será tomada no final do ano.

O actual governo do Reino Unido pretende aumentar para 0,7 por cento do Produto Interno Bruto o montante a ser despendido na ajuda ao desenvolvimento, o valor estabelecido pela Organização das Nações Unidas para os países industrializados.

Ao rever a lista de países receptores de ajuda britânica, o actual governo decidiu retirar dessa lista países como Angola, China, Índia ou Rússia e aumentar a atribuída a outros países, como a Etiópia, Nigéria, Paquistão e Bangladesh. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH