Governo de Moçambique vai dar benefícios a empresários nacionais

7 March 2011

Maputo, Moçambique, 8 Mar – O governo de Moçambique está a criar condições para que os empresários nacionais disponham de vantagens acrescidas nos empreendimentos em curso no país no sector mineiro, afirmou em Maputo a ministra dos Recursos Minerais.

Citada pelo jornal Notícias, de Maputo, Esperança Bias, que usava da palavra no decurso da reunião trimestral do Conselho Empresarial Nacional da Confederação das Associações Económicas de Moçambique, informou que “para já, os concursos internacionais dos grandes empreendimentos do sector passarão a ser igualmente publicados localmente, para que o empresariado nacional possa dispor das várias oportunidades existentes.”

Trata-se, acrescentou a ministra, de “um desafio para todos, quer para o governo quer para o sector privado, pois o aproveitamento das oportunidades existentes poderá ser ainda mais significativo do que tem sido”.

Para elucidar a situação, a titular do pelouro dos Recursos Minerais indicou que “dos pouco mais de mil licenças de prospecção, pesquisa, concessões mineiras, reconhecimento e comercialização já concedidos no país, apenas quatro empresas moçambicanas fazem a consultoria específica para a actividade mineira”.

“Olha-se muito para Moatize, em Tete, mas existem também actividades geológico-mineiras nas províncias da Zambézia, Nampula e Manica, sendo necessário que o empresariado nacional comece a interessar-se igualmente por esses pontos do país, com muita intensidade”, frisou Esperança Bias.

Por seu turno, o presidente da confederação, Salimo Abdula, reconheceu que “os desafios são enormes para aquilo que são as capacidades instaladas em Moçambique, o que vai certamente exigir do sector privado nacional um grande empenho face às grandes oportunidades de negócios existentes”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH