Moçambique recebeu menos turistas em 2010

7 March 2011

Maputo, Moçambique, 8 Mar – Moçambique recebeu 1,7 milhões de turistas estrangeiros em 2010, o que representa uma quebra de 8,5 por cento relativamente a 2009, anunciou segunda-feira em Maputo o Ministério do Turismo moçambicano.

Apesar da redução do número de turistas em 2010, as receitas do sector registaram uma subida, atingindo cerca de 197,3 milhões de dólares face a 195,6 milhões de dólares em 2009, ainda de acordo com dados divulgados durante o Conselho Coordenador do Ministério do Turismo, que se iniciou segunda-feira na capital moçambicana.

O ministro do Turismo moçambicano, Fernando Sumbana, apontou a crise financeira internacional dos últimos anos e a revolta popular de 1 de Setembro contra o custo de vida como prováveis causas da redução de turistas em 2010.

“Vamos proceder à análise do que aconteceu para ter havido uma redução tão drástica do número de turistas. Os dados que temos são ainda de gestão interna, porque ainda faltam estatísticas sobre a real situação em 2010”, afirmou Fernando Sumbana.

A quebra nas entradas de turistas em 2010 – menos 650 mil pessoas – assumiu um maior significado por se tratar do ano em que decorreu o Mundial de Futebol na África do Sul, evento que se esperava que atraísse um grande número de visitantes a Moçambique.

Os dados do Ministério do Turismo revelam que os turistas que deixaram de visitar Moçambique eram, maioritariamente, do Zimbabué, África do Sul, Suazilândia, Portugal, Reino Unido e Alemanha.

Por exemplo, o número de visitantes portugueses caiu 69,7 por cento, o que representa uma queda real de 85 mil pessoas para 25 mil pessoas entre 2009 e 2010, as chegadas internacionais a partir do Zimbabué reduziram-se 84,8 por cento (menos 700 mil pessoas) e da Alemanha 45,9 por cento, ou menos 20 mil pessoas. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH