Exploração em grande escala de carvão em Moçambique terá início ainda este ano

17 March 2011

Maputo, Moçambique, 18 Mar – A ministra dos Recursos Minerais de Moçambique, Esperança Bias, mostrou-se optimista quanto ao início da exploração em grande escala de carvão mineral este ano na bacia carbonífera de Moatize, na província de Tete.

De acordo com o diário Notícias, de Maputo, a ministra visitou na passada semana algumas empresas mineiras que estão envolvidas na extracção de carvão e de outros recursos minerais, tendo afirmado mais tarde que a actividade na província está a corresponder às expectativas do governo constantes no Plano Económico e Social para 2011.

“Para este ano de 2011, está previsto o início da produção de carvão nas minas de Moatize e Benga e se actualmente a contribuição do sector mineiro representa 5 por cento do produto, sou levada a pensar que a curto e médio prazo essa contribuição irá ser muito maior”, disse Esperança Bias.

Em Tete, Esperança Bias, visitou ainda a empresa Jsw Steel Ltd, que obteve recentemente uma concessão mineira no posto administrativo de Marara, distrito de Changara, que lhe permite extrair e comercializar carvão mineral e as empresas Minas de Revobué e Ncondedzi Coal, no distrito de Moatize, cujo estudos de impacto ambiental se encontram bastante avançados.

Do plano de produção até aqui elaborado, as empresas estarão a exportar, dentro dos próximos três a quatro anos, mais de 20 milhões de toneladas de carvão por ano. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH