Portugal desembolsou verbas para a construção de três barragens em Cabo Verde

20 March 2011

Praia, Cabo Verde, 21 Mar – Portugal já desembolsou a verba para a execução das obras das barragens de Salineiro, Faveta e Saquinho, informou sexta-feira na cidade da Praia o ministro do Ambiente, Desenvolvimento Rural e Recursos Marinhos, José Maria Veiga.

“Fomos informados de que a proposta que já estava homologada e que as empresas serão notificadas e os fundos depositados nas respectivas contas bancárias”, disse ainda o ministro, citado pela agência noticiosa cabo-verdiana Inforpress.

As barragens a construir nas ribeiras de Salineiro, no município da Ribeira Grande de Santiago, Faveta, em São Salvador do Mundo e Charco/Saquinho, em Santa Catarina, enquadram-se na política da “nova agricultura” defendida pelo governo e adaptada no plano nacional de desenvolvimento e no plano estratégico de desenvolvimento agrícola.

Com a construção dessas barragens, perspectiva-se a mobilização, até 2015, de 75 milhões de metros cúbicos de água/ano, que devem ser utilizados fundamentalmente em actividades agro-pecuárias permitindo, deste modo, uma melhor integração destas acções no processo de desenvolvimento económico.

De acordo com José Maria Veiga, neste momento, através de uma linha de crédito disponibilizada por Portugal, há um montante em obras de 5,7 milhões de contos (71,8 milhões de dólares).

Para além das três barragens, um total de 70 perfurações vai ser executado em praticamente todas as ilhas, 19 diques avançados vão ser construídos na ilha do Maio, 10 na Boa Vista e cinco sistemas de captação e bobagem de água. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH