Empresa britânica Consolidated General Minerals pretende construir fábrica de cimento em Moçambique

24 March 2011

Londres, Reino Unido, 25 Mar – A empresa britânica Consolidated General Minerals (CGM) anunciou pretender construir uma unidade de processamento de “clinker” e de empacotamento de cimento junto ao porto da Beira, em Moçambique, com uma capacidade para produzir 110 toneladas de cimento por hora.

Em comunicado divulgado na sua página electrónica, a empresa adiantou estar em negociações avançadas para a constituição de uma parceria com a Calme SpA, um produtor italiano de cimento, para construir e operar a fábrica da Beira, onde irão ser inicialmente investidos 24 milhões de dólares.

A CGM informou ainda ter adquirido um terreno de 40 mil metros quadrados para a construção da fábrica de cimento nos arredores do porto da Beira, dispondo de bons acessos rodoviários e de caminhos-de-ferro.

O terreno em questão deverá vir a ser integrado no património da parceria, tendo-se já iniciado no local trabalhos de engenharia e devendo o estudo de impacto ambiental ter início nas próximas semanas.

A empresa adianta no comunicado estar confiante quanto à aprovação do projecto pelo governo de Moçambique e acrescenta que, assim que todas as autorizações governamentais tenham sido emitidas, proceder-se-á ao início da construção da cimenteira que deverá levar 15 meses. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH