Grupo chinês Lifan vai investir 70 milhões de dólares em centro de pesquisa e desenvolvimento no Brasil

24 March 2011

São Paulo, Brasil, 25 Mar – O centro de pesquisa e desenvolvimento do grupo chinês Lifan no Brasil chamar-se-á Lifan South American Research and Development Center e nele irão ser investidos 70 milhões de dólares nos próximos quatro anos, afirmou o director de Engenharia do grupo Effa, que no Brasil representa as marcas Effa e Lifan.

Ronaldo Mazará Junior, responsável pelo execução do projecto da Lifan, disse que o centro irá desenvolver um veículo com dimensões inferiores às do Lifan 320 e que será comercializado tanto no Brasil como no estrangeiro.

Citado pela imprensa brasileira, Mazará Junior disse ainda que o Brasil foi escolhido como porta de entrada dos veículos Lifan nas Américas não só por dispor de uma indústria automóvel consolidada mas bem por dispor de “um mercado automóvel que se assemelha muito aos mercados americano e europeu, com legislação similar e consumidores igualmente exigentes”.

O centro irá funcionar numa fase inicial nas instalações do grupo Effa, mudando-se até 2012 para instalações próprias entre São Paulo e Campinas onde, até 2014, deverão estar a laborar cerca de 50 pessoas.

O grupo Lifan foi constituído em 1992 com um capital social de 200 mil yuan e centra actualmente a sua actividade em pesquisa e desenvolvimento, fabrico de motores, motociclos e automóveis, entre outras actividades, para o que dispõe de uma força laboral composta por mais de 13 200 trabalhadores. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH