Ligações clandestinas e roubo de cabos eléctricos em Moçambique duplicaram em 2010

24 March 2011

Maputo, Moçambique, 25 Mar – O prejuízo acumulado pela empresa Electricidade de Moçambique (EdM) devido ao roubo de cabos eléctricos e ao estabelecimento de ligações eléctricas clandestinas, em 2010, cresceram 106 por cento quando comparados com os de 2009, afirmou em Maputo o presidente da empresa.

De acordo com Manuel Cuambe, citado pelo jornal moçambicana O País, a EdM registou em 2010 um prejuízo estimado em 49 milhões de meticais (1,58 milhões de dólares) quando em 2009 aquele valor ascendeu a 24 milhões de medicais.

Falando na cerimónia da avaliação do desempenho da EdM, Manuel Cuambe disse que o mais importante para a empresa, neste momento, é que não haja envolvimento “dos nossos trabalhadores nestes actos que estão a ofuscar em grande medida os esforços da empresa no desempenho da sua missão”.

O jornal recordou ter sido no ano passado que foi aprovada e divulgada a Estratégia de Redução de Perdas, a nível da EDM, tendo sido igualmente desenvolvidas acções de prevenção e combate ao vandalismo do material eléctrico.

Mesmo assim, a EdM obteve em 2010 um lucro de seis mil milhões de meticais, um crescimento na ordem de 13 por cento se comparado com o resultado de 2009.

Em 2010, 130 mil novas famílias passaram a beneficiar de energia eléctrica, isto é, o número total de moçambicanos a acederem aos serviços da EDM, passou de cerca de 736 mil, em 2009, para aproximadamente 857 mil em 2010. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH