Comércio entre a China e os países de língua portuguesa foi de 14,96 mil milhões de dólares em Janeiro e Fevereiro

29 March 2011

Macau, China, 30 Mar – O comércio entre a China e os 8 países de língua portuguesa cifrou-se em 14,96 mil milhões de dólares nos dois primeiros meses do ano, um aumento homólogo de 40 por cento, de acordo com dados dos Serviços de Alfândegas da China divulgados em Macau.

No período em questão, a China importou dos 8 países de língua portuguesa mercadorias no valor de 10,17 mil milhões de dólares (mais 44,4 por cento) e exportou bens no montante de 4,78 mil milhões de dólares (mais 31,16 por cento), assumindo um saldo comercial negativo de 5,39 mil milhões de dólares.

O Brasil, com trocas comerciais em Janeiro e Fevereiro que se cifraram em 10,40 mil milhões de dólares, continuou a ser o principal parceiro comercial da China de entre os 8 países de língua portuguesa tendo vendido à China bens que ascenderam a 6,52 mil milhões de dólares (mais 79,7 por cento) e adquirido mercadorias no montante de 3,87 mil milhões de dólares (mais 59,80 por cento).

Em segundo lugar surge, como é habitual, Angola, cujas trocas comerciais com a China no período se cifraram em 3,84 mil milhões de dólares, com vendas à China de 3,48 mil milhões de dólares (mais 5,2 por cento), fundamentalmente petróleo, e compras no valor de 350 milhões de dólares (mais 0,40 por cento).

Em terceiro lugar e a grande distância do Brasil e de Angola surge Portugal que em Janeiro e Fevereiro registou trocas comerciais com a China no montante de 590 milhões de dólares, com a China a vender a Portugal bens no valor de 460 milhões de dólares (mais 36,20 por cento) e a comprar mercadorias no montante de 130 milhões de dólares (mais 37,1 por cento).

Em último lugar surge São Tomé e Príncipe que registou nos dois primeiros meses do ano um comércio com a China no valor de 170 mil dólares, totalmente assumindo por importações de produtos chineses e em quebra de 32,80 por cento. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH