Governo de Angola contraiu empréstimo para colocação em órbita de satélite de telecomunicações

30 March 2011

Luanda, Angola, 31 Mar – O governo de Angola contraiu quarta-feira junto do Banco de Exportações e Importações da Rússia um empréstimo de 278,46 milhões de dólares que serão aplicados na criação do sistema nacional de telecomunicações por satélite (Angosat), informou a agência noticiosa angolana Angop.

O acordo de financiamento para o projecto Angosat foi assinado pelo ministro das Finanças, Carlos Lopes, e pelo presidente do Banco Exim da Rússia, Nikolai Gavrilov, em representação de um sindicato de quatro bancos russos nomeadamente o Banco de Desenvolvimento e Comércio Externo, o Roseximbank e o VPD.

O projecto de criação do satélite angolano (Angosat), incluindo a construção, colocação em órbita e a operação do satélite foi aprovada na sessão do Conselho de Ministros de 25 de Junho de 2008.

O satélite que custará 295 milhões de dólares, deverá ser colocado em órbita pelos russos em 2012.

A instalação do satélite vai permitir disponibilizar serviços de acesso internacional, de suporte e expansão da Internet em banda larga, de transmissão para os operadores de telecomunicações e a disponibilização para suportar serviços de rede de televisão e radiodifusão.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH