Angola manteve-se em 2010 como o principal mercado estrangeiro da construtora portuguesa Soares da Costa

5 April 2011

Lisboa, Portugal, 6 Abr – Angola manteve-se em 2010 como o principal mercado estrangeiro da construtora portuguesa Soares da Costa tendo o volume de negócios registado um crescimento de 5,5 por cento, informou a empresa segunda-feira em Lisboa ao divulgar as contas relativas ao ano transacto.

Num ano em que a empresa viu o lucro obtido aumentar 35,9 por cento em termos homólogos para 15,6 milhões de euros, Moçambique foi o segundo principal mercado estrangeiro, onde a facturação cresceu 74,5 por cento, seguido dos Estados Unidos da América, que registou um aumento de 28 por cento.

Entretanto, a empresa pretende entrar este ano no sector da construção no Brasil, através da compra de uma participação minoritária numa empresa, mantendo ainda a prospecção comercial nos países do norte da África e Médio Oriente.

O presidente executivo Pedro Gonçalves adiantou que para contrabalançar o decréscimo esperado na actividade de construção no mercado português, a empresa vai continuar a apostar no processo de internacionalização, cujo peso no volume de negócios poderá chegar a 60 por cento em 2011, contra 57 por cento em 2010.

A Soares da Costa prevê atingir este ano um volume de negócios de cerca de mil milhões de euros, face a 893,5 milhões de euros em 2010.(macauhub)

MACAUHUB FRENCH