Empresas francesas dispõem de linha de crédito para exportar e investir em Angola

6 April 2011

Luanda, Angola, 7 Abr – Uma linha de crédito estatal no montante de 400 milhões de euros está disponível para empresas francesas interessadas em exportar e investir em Angola, anunciou quarta-feira, em Luanda, o responsável por África da Câmara de Comércio e Indústria de Bordéus (CCIB), Francis Beunot.

Em declarações à agência noticiosa angolana Angop, durante uma reunião de negócios entre empresários franceses e angolanos, Beunot referiu tratar-se de uma linha de crédito nacional do grupo de seguros de crédito Coface, destinada unicamente para Angola, com vista a promover o comércio entre a França e Angola.

“Existe essa linha de crédito a nível nacional com um tecto de 400 milhões de euros pouco utilizada, mas que permite garantias a nível do comércio para vendas de equipamentos e materiais franceses para Angola, assim como permite garantir investimentos que venham a ser feitos em Angola”, afirmou.

De acordo com Francis Beunot, as empresas filiadas na Câmara de Comércio e Indústria de Bordéus (CCIB) podem utilizar esse fundo para fazer negócios com empresas públicas e privadas angolanas.

Em Angola desde domingo, a CCIB realiza até hoje uma missão empresarial no país, com o apoio da petrolífera Total, da Agência Francesa para o Desenvolvimento Internacional das Empresas e do Serviço Económico da Embaixada da França em Angola.

Responsáveis da missão empresarial encontraram-se já com o vice-ministro angolano do Comércio, Archer Mangueira, e com representantes de empresas públicas e privadas angolanas, em Junho de 2010 naquela região do sudoeste de França, aquando da 2ª edição do “Business Meeting Africa/France”. (macauhub)

MACAUHUB FRENCH