China vai anunciar encomenda de aviões da Embraer

10 April 2011

Brasília, Brasil, 11 Abr –  A China vai anunciar a encomenda de aviões da Embraer durante a visita que a presidente Dilma Rousseff iniciou hoje à China, escreve o jornal Estado de São Paulo.

O que está em negociação com a China é a encomenda de 50 aviões do jacto E-190, da Embraer com capacidade para 100 passageiros e mais 25 do modelo ERJ-145 para 50 passageiros.

Na semana passada, no entanto, os responsáveis chineses indicaram que ainda não tomaram uma decisão final e admitem uma possível redução da  encomenda para metade devido à crise mundial.

A Embraer colocou a possibilidade de encerrar a fábrica que possuiu em Harbin numa “joint-venture” com um parceiro chinês se as autoridades de Pequim não autorizassem  o fabrico de aviões do tipo E-190, de 120 lugares.

A fábrica de Harbin foi instalada especialmente para montar aviões do tipo E-145.

A Embraer coloca ainda a possibilidade de conseguir autorização da China para fabricar em Harbin o jacto executivo Legacy.(macauhub)
hub)

MACAUHUB FRENCH